Seja Bem Vindo

Seguidores

segunda-feira, 29 de junho de 2015

Justiça suspende prisão de 'matadora' de animais

A falsa protetora de animais Dalva Lina da Silva, condenada
 a mais de doze anos de prisão em regime semiaberto pela morte de 37 gatos e cachorros, não chegou a ser presa. Na última quinta-feira, a desembargadora Maria de Lourdes Rachid de Almeida, da 10ª Câmara de Direito Criminal do Tribunal de Justiça de São Paulo, concedeu habeas corpus à mulher e ela poderá recorrer da sentença de condenação em liberdade. O recurso que evitou a prisão é liminar e ainda será analisado em definitivo pelo tribunal.

Postagens mais visitadas