Seja Bem Vindo

Seguidores

quinta-feira, 25 de fevereiro de 2016

Mulher de João Santana admite caixa dois na campanha de Chávez e implica Odebrecht

A mulher e sócia do marqueteiro petista João Santana, Mônica Moura, afirmou à Polícia Federal que a empreiteira Odebrecht pagou, por caixa dois, despesas da campanha à reeleição do ex-presidente da Venezuela Hugo Chávez, em 2011. Conforme a versão apresentada por Mônica, o custo de propaganda da campanha do presidente-ditador naquele ano foi de 35 milhões de dólares e "grande parte do valor foi recebido de maneira não contabilizada".

Postagens mais visitadas