Seja Bem Vindo

Seguidores

sexta-feira, 26 de fevereiro de 2016

PF e MP apontam repasses da Odebrecht a Santana no Brasil e pedem prorrogação de prisão

A Polícia Federal (PF) e o Ministério Público Federal pediram nesta sexta-feira que o juiz Sérgio Moro, da 13ª Vara Federal em Curitiba, prorrogue por mais cinco dias a prisão temporária do marqueteiro do PT João Santana e de sua mulher, Mônica Moura. Também foi solicitado que a secretária do empreiteiro Marcelo Odebrecht, Maria Lúcia Tavares, suspeita de atuar na contabilidade paralela de dinheiro do grupo, continue atrás das grades. 

Postagens mais visitadas